Paralelo 43º 21’ 45”, um festival artístico incomum

Este mês de Maio bota a andar o Festival artístico Paralelo 43º 21’ 45”, o primeiro destas características criado desde e para a sociedade, na Corunha.
Trata-se de continuar na linha marcada por anteriores atuações do Colectivo Arteu, achegando a arte a novos lugares onde encontrar a conexão com os seus legítimos destinatários, todos nós, fora dos âmbitos onde se a(go)cha habitualmente.
Neste caso, em união com BGR e 5célula, e o apoio de diversas concelharias municipais, levam-se a cabo um conjunto de actividades mui amplo, focalizadas em música, poesia, artes cênicas (teatro, contacontos, performance, dança) e plástica (obradoiros, vídeo-arte, cinema, etc.) nos quatro sábados do mês. Tudo isso acompanhado da exposição permanente, até finais de Maio, de obras de arte em mais de 40 estabelecimentos repartidos por todo o bairro da Agra do Orçám, para fazer coincidir a compra de todos os dias com um feliz encontro com a arte.
A idéia motriz é clara: fazer partícipes a todos os seus habitantes, e a quem visitar a zona nestas datas, de uma revalorização das suas experiências quotidianas através do contacto direto com expressões artísticas de todo tipo e a transformação do bairro num foco relevante de criação cultural e dinamização global do seu presente e futuro, para o que se conta com a colaboração de uma centena de artistas e associações, sem dúvida algo inabitual no país.
É um bom exemplo de como, ao unirmos talento e imaginação, podemos levantar desde a base edifícios sólidos em que fluam e se consolidem mudanças na nossa maneira de ver o mundo, trazendo à realidade o preciso diálogo entre arte e vida, consubstancial à condição humana e relegado permanentemente a espaços secundários.

2 comments to Paralelo 43º 21’ 45”, um festival artístico incomum